Pessoas

Pessoas que passam
nem se olham,
nem se tocam
Há um risco de se ver em cada um

Pessoas que passam,
não se falam,
não se encontram
Mas o ar que elas tem é tão comum

Por medo do que possam parecer, e ser ao vento
Tudo que se tem a despertar
Por tudo que seria, se contudo houvesse tempo
De poder viver o que se tem

página anterior   próxima pagina
2009 - All Rights Reserved - Design by Digimedia Productions LLC.
Estigma Rio São Francisco Imigrantes Amanhã Boneca de Pano Em Tempo Bernardo Ensejo